terça-feira, 28 de abril de 2009

Não vive esta realidade? Fique quieto!

Lembram do Brazilian Day?!?!? Aquele evento que a Rede Globo transmite diretamente de Nova York e todo mundo fica assistindo as atrações na televisão durante uma madrugada qualquer?
Pois é... Recebi hoje de uma colega do trabalho uma matéria falando que teremos este evento em Angola no próximo dia 10. Sabem quem é a atração??? A banda Jammil!!! Legal né!!!

Mas esperem... Não é tão legal assim. O site Axezeiro publicou uma matéria falando sobre a vinda da banda e o baixista e principal integrante da banda, Manno Goés fez comentários péssimos sobre a possível visita ao País. Além de erros de português gravíssimos, utilizou um palavreado de baixo calão e mostrou que desconhece a realidade que vive o povo Angolano.

Se eu fosse você, Manno Goés, teria vergonha de entrar neste país da África, que apesar de ter passado por uma guerra civil, de ter pessoas pobres, de possuir minas que podem explodir a qualquer momento, possuí inúmeras coisas boas, como a alegria de viver, os ritmos musicais inéditos, a cultura diferenciada de um povo. E quanto aos brasileiros que vem trabalhar aqui, só gostaria de dizer que a empresa que citou no seu infeliz comentário está no País desde 1984 - 25 anos. Esta empresa que você se refere com tanto desprezo emprega mais de 30.000 angolanos e hoje possui cerca de 40 obras distribuída pelo país.

A matéria pode ser vista no link

e a declaração dele na integra pode ser vista em seu blog

http://www.portaldojammil.com/blog/2009/02 (no post do dia 19 de fevereiro – ele teve coragem de colocar até uma foto)

Bom, depois do meu desabafo, resolvi procurar detalhes deste evento e li que ele foi cancelado... Só posso rir e dizer ao Manno Goés que eles dançaram... kkkkkkkkkk

Porém, como tudo em Angola muda, se acontecer este show EU NÃO VOU. E você?!?! Vai depois de ler este post e o depoimento do Manno????

3 comentários:

Maria Gabriela disse...

Que feio ...

Rafa disse...

Aff... declarações públicas com falta de informações e comentários preconceituosos...

Cai muito conceito do grupo todo... talvem um pedido de desculpas seria bem vindo...

Se o país fosse tão ruim quanto citado pelo artista, provavelmente não haveria tantos investimentos como há hoje. Pra empresas aéreas buscarem uma forma de competir com a TAAG é porque a coisa é boa. E quando se fala em aviação, o investimento é altíssimo. Da mesma forma que todo o projeto que a ODEBRECHT(detalhe que o cara nem sabe escrever o nome da empresa, um ignorante!!) desenvolve também envolve uma grande quantia de investimento.

A melhor coisa que aconteceu foi o cancelamento da banda... De repente uma outra de axé, o Chiclete por exemplo, pode agitar o lugar e fazer a galera tirar o pé do chão e, enfim, mostrar ao baixista que não há risco de explodir mina nenhuma.

Feio, muito feio....

Clau_dinha disse...

Cada dia que passa ainda fico enojada com esse tipo de atitudes, é uma pena que ainda existem pessoas que se acham melhores que as outras...